danfe em formato de etiqueta

A emissão do DANFE é um processo custoso para os e-commerces. Além de investir em uma equipe para realizar o trabalho, é preciso imprimir o papel, dobrá-lo, inseri-lo na bolsa plástica (envelope canguru) e fixar na caixa ou embalagem. Esse trabalho manual é oneroso e consome um tempo valioso da expedição.

A boa notícia é que o DANFE Simplificado transforma radicalmente esse processo. Essa solução da Tecnoset permite emitir o documento em qualquer tipo de papel, inclusive em etiquetas. Na prática, isso gera uma verdadeira revolução no despacho de pedidos.

Se quer entender melhor os impactos dessa tecnologia, confira a seguir os principais benefícios do DANFE em formato de etiqueta e veja como implementá-lo!

1. Redução do desperdício

A impressão do DANFE tradicional exige um gasto maior com folhas de papel e plástico. O documento precisa ser preenchido, impresso, dobrado, inserido no envelope canguru e anexado a cada um dos produtos enviados.

Além do processo burocrático, são materiais que, provavelmente, vão direto para o lixo quando o produto for entregue ao cliente. Nesse sentido, o DANFE em formato de etiqueta traz alguns benefícios que tornam a empresa mais sustentável.

Para começar, ele permite redimensionar o tamanho do documento. Desenvolvido em conformidade com todos os critérios legais de emissão, o DANFE Simplificado permite gerar um documento menor, que mantém todas as informações obrigatórias em um espaço reduzido.

É possível ainda imprimir um QR Code para acessar as informações por meio de um leitor. Somado a isso, a impressão em etiqueta agiliza a colagem e reduz o uso de materiais descartáveis, como o papel e o plástico do envelope canguru.

2. Mais sustentabilidade para a empresa

A redução do desperdício ajuda sua empresa a desenvolver uma cultura mais sustentável nos processos operacionais. Essa é uma demanda importante do mundo atual, já que a sociedade como um todo busca estratégias para atuar de maneira mais responsável em relação ao impacto ambiental das suas atividades.

Para complementar, o próprio mercado já entendeu que essa é uma demanda essencial — e a valorização das empresas sustentáveis é visível. Não à toa que cada vez mais organizações procuram fazer negócios dando preferência a parceiros comerciais que assumem a sustentabilidade como um dos seus valores.

Podemos fazer um paralelo com a segurança dos dados no mundo digital. De maneira similar, a sustentabilidade é algo que não pode acabar na própria empresa. Quem quer reduzir emissões de carbono ou o desperdício, procura fornecedores, prestadores de serviço e parceiros em geral que assumam a mesma postura.

3. Mais automação na logística

A emissão do DANFE não exige apenas recursos materiais, mas pessoas responsáveis por esse procedimento. Quanto maior o volume de vendas do seu e-commerce, maior a quantidade de colaboradores que você precisa para, simplesmente, emitir o documento e anexá-lo às mercadorias.

No modelo tradicional, o processo é extremamente repetitivo — o que consome tempo e traz uma série de riscos. Preencher, imprimir, dobrar, inserir no envelope e anexar ao produto não faz mais sentido, a partir do momento em que a empresa pode emitir automaticamente o DANFE em uma etiqueta e colá-lo na caixa.

Logo, o tempo do processo é reduzido e você evita o risco de erros no preenchimento ou mesmo a inserção do DANFE na mercadoria errada — algo que traria custos ainda maiores e um prejuízo para a reputação da empresa, caso o produto seja enviado para o endereço errado. Resumidamente, o processo se torna mais ágil e você previne falhas humanas.

4. Redução de custos

Toda mudança estratégica ou operacional em uma empresa exige uma análise do seu impacto financeiro. No caso do DANFE Simplificado, o cenário é positivo: com menos papel impresso e um processo mais ágil, o e-commerce pode reduzir custos não só com insumos, mas com funcionários.

A folha salarial é um dos maiores custos para as empresas. Com essa tecnologia trabalhando em seu favor, você pode reduzir o número de colaboradores focados na emissão do DANFE e realocar essas pessoas para outras atividades mais essenciais.

Nesse sentido, um estudo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é bastante revelador. Segundo os dados, o tempo gasto com a burocracia do uso de papel impresso pode comprometer até 9% do faturamento da empresa.

Tendo isso em mente, veja a seguir o que você pode fazer para ter acesso a essa tecnologia e aos benefícios que ela traz.

Como adotar o DANFE Simplificado no seu e-commerce

O uso do DANFE Simplificado exige a adoção de impressoras especializadas no lugar das tradicionais. Além da impressão em papel, esses equipamentos devem ser capazes de imprimir etiquetas e outros materiais. São as chamadas impressoras térmicas.

A boa notícia é que você não precisa investir na compra de um novo parque de equipamentos. Um parceiro de outsourcing pode oferecer a infraestrutura que você precisa e, de quebra, abastecer periodicamente os insumos que sua empresa utiliza para a emissão do DANFE, seja em papel, seja em etiquetas.

A Tecnoset, por exemplo, oferece um outsourcing completo. Além das impressoras, são fornecidos o insumo, a manutenção periódica necessária e o suporte para implementação e atualização dos equipamentos.

Na prática, você conta com a expertise de quem mais entende do assunto para implementar o DANFE Simplificado sem complicações. Suas equipes aprendem a utilizar o sistema com especialistas e podem mudar sua rotina operacional em pouco tempo.

São benefícios que só o DANFE Etiqueta tem a oferecer. Como mostramos aqui, é uma tecnologia que promove a sustentabilidade no e-commerce, além de agilizar processos, reduzir a burocracia e eliminar custos. Então, coloque o DANFE Simplificado para trabalhar a seu favor agora mesmo!

Entre em contato conosco e saiba mais!