Você sabe o que é BPM? Hoje, muitos negócios investem em estratégias que permitem ao gestor ter maior foco nas demandas de clientes. O Business Process Management é uma das que podem ser adotadas com foco nas rotinas de TI.

Apoiando-se no Business Process Management, o gestor consegue garantir maior uniformidade para as atividades da área. Além disso, pode reduzir custos e melhorar a performance da infraestrutura. Assim, a TI pode ser integrada a mais processos corporativos.

Quer saber mais sobre os benefícios desse modelo de outsourcing e o que é BPM? Então, continue a leitura deste post!

O que é BPM?

O Business Process Management é um serviço de TI que combina a gestão de processos corporativos com a tecnologia da informação.

Consiste na designação de um grupo de especialistas que ficará responsável por todo o planejamento dos processos de gestão e gerenciamento de infraestrutura de TI. Além disso, passa pelo monitoramento de resultados e atualização de processos.

Como o Business Process Management funciona?

O BPM funciona a partir da incorporação das principais práticas do mercado no dia a dia da companhia. A partir de uma análise dos objetivos da empresa e das suas demandas, um plano de ação é montado. Ele tem como foco garantir que a integração da TI no dia a dia dos profissionais possa entregar os melhores resultados sempre.

Em outras palavras, o BPM trabalha com o planejamento de todos os processos que tornam a TI mais eficaz. Da gestão de documentos digitais e impressos até os processos de segurança digital, tudo será otimizado. Dessa maneira, a TI pode contribuir para gerar valor a todas as rotinas da empresa.

Por que investir no BPM pode ser uma boa ideia?

Investir no BPM traz uma série de benefícios para a empresa. Em conjunto, eles contribuem para que o negócio tenha mais foco no seu core business e possa apresentar um melhor resultado a médio e longo prazo. Isso ocorre a partir de impactos como:

  • o aumento da transparência;
  • os ganhos de produtividade;
  • a redução de gastos;
  • a automação de rotinas;
  • a melhoria do retorno sobre investimento.

Como investir no BPM?

Investir no Business Process Management é algo que deve ser feito com cuidado. Por isso, preparamos alguns passos que devem ser seguidos para garantir que o negócio tenha o apoio de um parceiro adequado. São eles:

  • conhecer o feedback de clientes;
  • avaliar as demandas internas;
  • identificar o perfil operacional do prestador de serviços;
  • avaliar se o prestador segue padrões do mercado;
  • considerar o modo como os contratos são estruturados;
  • adotar indicadores para avaliar a qualidade do serviço prestado.

A terceirização de serviços relacionados à área de tecnologia tem ganhado força em vários setores. Ela permite que negócios façam parte da transformação digital e, com isso, possam ser mais competitivos. Ao manter uma infraestrutura de TI funcional, os profissionais entregam melhores resultados e, ao mesmo tempo, evitam vários riscos tradicionais à área.

Nesse sentido, saber o que é BPM pode servir para colocar a empresa à frente de concorrentes. Ao mesmo tempo, abre espaço para que os times possam manter fluxos de trabalho mais modernos, digitalizados e sustentáveis. Afinal de contas, todos os trabalhos da área serão planejados por um grupo especializado e comprometido a sempre entregar o melhor resultado possível.

Agora que você já sabe o que é BPM, compartilhe este post nas suas redes sociais para que seus contatos também entendam do assunto!